Como São Francisco rezava

Quem conhece Francisco, por pouco que seja, percebe que para ele a oração tornou-se vital em seu processo de santificação. Exorta que seus irmãos jamais percam o espírito oracional, fonte que sustenta os relacionamentos humanos. Na juventude, Francisco sonhava com uma realidade mais elevada e acima das experiências mundanas. Sentia que esses sonhos não eramContinuar lendo “Como São Francisco rezava”

Festa dos Estigmas de São Francisco de Assis

No Monte Alverne, Francisco mergulhou no mais profundodo mistério de Deus! Ao receber os estigmas de Jesusem seu corpo, repetia sem hesitar: “Meu Deus e meuTudo!”. Francisco estigmatizado,Mas nunca fragilizado!Tiveste a honra de partilhar, com Cristo, Sua dor intensa,Como foste inteiro em Sua presença!Ah, Francisco, mergulhaste fundo no mistério do redentor!De muitos corações, tu ésContinuar lendo “Festa dos Estigmas de São Francisco de Assis”

Silêncio e encontro com Deus

“Entra no teu quarto.” O estar em si. Silêncio e encontro com Deus (experiência de clausura – convento – confinamento – famílias hoje – discernimento do que é indispensável na vida – convicções pessoais). O que é entrar no quarto, sob a ótica da espiritualidade franciscana? Entrar no quarto é buscar, no isolamento das coisasContinuar lendo “Silêncio e encontro com Deus”

A primeira vitória de Francisco

O santo de Assis precisava em primeiro lugar vencer-se a si mesmo, eis que surge uma grande oportunidade: um leproso à sua frente, num momento de superação. Francisco fazendo violência a si mesmo num gesto de humildade desce do cavalo e dá uma moeda e beija o leproso, o que antes para ele era amargoContinuar lendo “A primeira vitória de Francisco”

Dois caminhos

Sedutores, cada um ao seu jeito,Vale discernir qual o melhor!Glórias e honras passageiras da terra?Glórias e honras eternas nos Altos Céus? Quando o chamado do Alto acontece em nossas vidas, ele vem acompanhado da Graça, que nos torna possível decidir se atendemos ou não. Para isto somos livres, porque a Graça propõe, não impõe. ElaContinuar lendo “Dois caminhos”